Proposta Pedagógica

Nossa proposta pedagógica tem como pressuposto:

 

  • Postura democrática organizando-se de forma que envolva a participação do corpo docente e administrativo, da comunidade e dos alunos nas decisões da mesma com relação ao processo de ensino e aprendizagem. Para tanto, devemos aproveitar os elementos já existentes que, fortalecidos, apontam para novas práticas, o que requer pesquisa, análise, observação e experimentação;

  • Tomar a realidade do aluno como ponto de partida para o trabalho, reconhecendo suas diversidades;

  • Valorização das ações da criança e do adolescente;

  • Confiança nas possibilidades que todas as crianças têm de se desenvolver e aprender, promovendo a construção de sua auto-imagem positiva;

  • A proposta pedagógica que foi elaborada será executada e acompanhada coletivamente, partindo do princípio que o ensino não pode ser concebido como um assunto individual do professor ou da escola. Para tanto, o desempenho e o esforço de cada um serão integrados num projeto comum de melhoria da escola;

  • O trabalho competente do educador será de modo que ofereça uma prática dinâmica, sistematizada e dialógica, que atende para o desenvolvimento da criatividade do aluno, respeitando-o como interlocutor, sujeito que informa, informa-se, discute, propõe, aceita, cria e decide, instigando-o à compreensão da realidade e mostrando a necessidade de intervir para transformar;

  • As avaliações servirão como diagnóstico constante para a reorientação da prática pedagógica, sendo utilizadas para detectar o grau de aprendizagem e a necessidade de retomar o conteúdo, estando preocupada com a formação global do educando;

  • O resgate da cidadania se fará presente em ações que visem conscientizar os educando da necessidade de organização, responsabilidade, solidariedade, respeito ao próximo e ao meio ambiente, subsídios imprescindíveis para a ação educativa e para o processo social;

  • A integração comunidade-escola será viabilizada através da participação ativa dos pais nas reuniões e eventos que a escola proporcionará;

  • As integrações das crianças entre si e das crianças com o ambiente escolar, devem assentar-se numa reciprocidade afetiva e intelectual, ou seja, num contexto de participação que estimula descobertas espontâneas, cada uma em seu ritmo próprio;

  • Trabalhar com conteúdos relevantes para a clientela e selecioná-los cuidadosamente para permitir sua assimilação, aproveitando, elaborando e valorizando as habilidades, experiências e os conhecimentos adquiridos anteriormente;

  • Dar ênfase em conteúdos funcionais e no desenvolvimento de habilidades básicas para a formação do indivíduo, enquanto cidadão participante do mercado de trabalho;

  • Avaliações contínuas do processo ensino-aprendizagem, para permitir que os alunos acompanhem o seu próprio desenvolvimento, seja na vida social e profissional, seja na sua preparação para continuidade de estudos.

  • Aprofundar e consolidar os conhecimentos.

 

Olá. Gostaria de receber nossas informações sobre matrícula?